Não dê chocolate para seu cão!

Com a Páscoa chegando, é muito importante reforçar: não, os cães não podem comer chocolate! E existe uma explicação para isso e não é só para evitar que eles ganhem peso!

Existe uma molécula presente no cacau, a teobromina, que os cães não conseguem digerir. Nos seres humanos, esse composto tem uma ação igual à da cafeína, aumentando a disposição e o estado de vigília. Já os doguinhos não desfrutam dessas ações benéficas! Neles, a teobromina não é metabolizada de forma apropriada, o que ativa o sistema nervoso central por um tempo longo demais causando problemas como temperatura corporal elevada, diarreia, convulsões, vômito, respiração ofegante e batimentos cardíacos aceleradíssimos.

Os sintomas da intoxicação podem levar de 6 a 12 horas para aparecer, então, caso suspeite que seu cão ingeriu chocolate, fique de olho! Caso perceba que o doguinho não está bem, não hesite em procurar ajuda do veterinário!

É importante salientar que nenhum tipo de chocolate pode, mas a versão mais amarga é ainda mais perigosa, pois é muito mais carregada de teobromina!

E os gatos?!

Também não podem com a teobromina! Mas, a grande vantagem dos bichanos é que eles não têm o mínimo de interesse pelo chocolate e os tutores nem precisam ficar tentados a oferecer!

Lembrem-se: quer oferecer algo gostoso para seu pet na Páscoa (ou em qualquer data comemorativa)? Procure petiscos especializados para eles!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.